10 de setembro de 2012

Federação no Amazonas

O blog recebeu na semana passada informações quentinhas lá de Manaus, e com muita alegria anunciamos que poderá ser criada a Federação de Badminton do Estado do Amazonas. Boa notícia para quem luta por esse esporte e só quer vê-lo crescer cada vez mais no Brasil. Além da Federação, o Amazonas também poderá receber cursos de capacitação e arbitragem para badminton. Se essas informações forem confirmadas, registro aqui meus parabéns à Confederação Brasileira de Badminton - CBBd, que com isso está cumprindo seu papel de também difundir e, principalmente, profissionalizar a modalidade por todo o território nacional.

O Estado do Amazonas tem grande tradição e potencial esportivo, e, justamente por conhecermos esse potencial, estamos desde 2010 "namorando" essa ideia de implantação do badminton por lá, mantendo contato, estimulando e orientando pessoas em Manaus que já praticaram ou que estão dispostas a praticar o esporte. Fomos até lá, marcamos quadra, fizemos demonstrações para alunos de uma escola, demos suporte técnico para a realização dos Jogos Escolares de 2012, e, como houve interesse, começamos a articular a realização de uma clínica de badminton ainda esse ano lá. (Veja tudo isso clicando aqui, aqui e aqui)

Paralelamente a isso, o presidente da Federação de Badminton do Amapá - FEBAP, Prof. Aldir Dantas, mantinha contato com o Conselho de Educação Física da 8ª Região - CREF8, sediado em Manaus-AM, no intuito de partir dessa entidade a iniciativa de promover o badminton no Amazonas. E também fez contato com a Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer - SEJEL.

Como o Amapá é, até agora, o único Estado da região Norte desenvolvendo atividades com badminton, e por estarmos "geograficamente isolados", buscamos fazer nossa parte para ajudar a difundir a prática da modalidade por este lado do país. Tivemos essa possibilidade com o Amazonas, já mantivemos contato com o Pará há alguns anos, e, se pudéssemos, chegaríamos até Roraima, Acre, Rondônia e Tocantins. O Norte é grande, igual a nossa vontade de fazer o badminton o tanto quanto, e até maior. Por falar em Tocantins, também recebi informações de que lá já estaria sendo organizada a criação de uma Federação.

Mas volto a afirmar: se as informações que recebi se confirmarem, parabenizo antecipadamente a iniciativa da CBBd no Amazonas e no Tocantins. São ações efetivas assim que engrandecem o trabalho de uma entidade máxima de modalidade esportiva nacional. Quem sabe outros Estados também recebam ações tão importantes. Nossa intenção aqui no meio do mundo é de estar sempre colaborando com o crescimento do badminton no Brasil, da forma que pudermos fazer, mas não temos a força política e a capacidade de decisão/execução necessária para implantar o badminton em algum Estado. A CBBd tem, pode usar, e se assim está fazendo é digna de louvor.
Postar um comentário