28 de julho de 2010

Vídeo - duplas (19)

Ivan Daniel e Pedro Ivo x Wlad e Anderson "Wolverine" (continuação)



Local: quadra particular.

25 de julho de 2010

"Brincando de fazer exercício"

Encontrei no Blogminton, do amigo Nagato, o link para uma matéria sobre os benefícios da prática do badminton que saiu no jornal O Diário do Norte do Paraná. Vejam o texto:

Brincando de fazer exercício
Juliana Daibert

O badminton, esporte olímpico capaz de dar um basta nos quilinhos extras de uma maneira divertida, está conquistando adeptos em Maringá.

Mistura de tênis com vôlei, na definição do professor de educação física Fábio Milani, o badminton só precisa de uma raquete e uma peteca, que faz às vezes de bola.

Como ocorre no tênis, os jogadores (em dupla ou solo) utilizam a raquete para enviar a peteca para o outro lado da quadra que, a exemplo do vôlei, não pode cair no chão.

Nos jogos profissionais, a peteca pode passar sobre a rede de 1,55 metro a 300 km/h. E aí dá-lhe correr para evitar a perda de ponto.

De acordo com Milani, uma hora de partida pode eliminar entre 600 e 700 calorias, além de melhorar a condição cardiorespiratória, a agilidade, o reflexo e a resistência dos membros inferiores.

Na academia onde dá aulas de badminton e squash, o professor diz que os praticantes de musculação recorrem ao jogo como aquecimento.

De acordo com Milani, uma hora de partida pode eliminar entre 600 e 700 calorias, além de melhorar a condição cardiorespiratória, a agilidade, o reflexo e a resistência dos membros inferiores.

Na academia onde dá aulas de badminton e squash, o professor diz que os praticantes de musculação recorrem ao jogo como aquecimento.

"O badminton é contagiante, divertido e gostoso de jogar, mas ainda carecemos de professores especializados".

O badminton nasceu na Índia com o nome de "poona". Oficiais ingleses a serviço neste país gostaram do jogo e levaram-no para a Europa.

O "poona" passou a ser chamado pelo nome inglês quando, por volta de 1870, uma nova versão do esporte foi jogada na propriedade de Badminton, em Gloucestershire, Inglaterra.

Após a estreia do esporte nas Olimpíadas de Barcelona, em 1992, o esporte ganhou projeção mundial.

Competitivo
Anualmente, a Badminton World Federation (BWF) promove os campeonatos mundiais do esporte.

Fonte: http://odiario.com/saude/noticia/319169/brincando-de-fazer-exercicio.html

20 de julho de 2010

O primeiro encordoamento

Segunda-feira, 12 de julho de 2010, foi feito o primeiro encordomento de uma raquete de badminton em Macapá. A cobaia foi a Babolat Satelite Chrono do Pedro Ivo, e a corda foi uma tripa sintética 0,66mm Premium Tour da Toalson, cedida por mim. Quem está oferecendo este serviço de encordoamento e também raquetes de badminton é a Mundial Importados, conforme já havia sido registrado aqui no blog.

Chegamos na loja por volta das 16:00h, um pouco apreensivos, não sabíamos se daria certo, afinal, até então nunca havia sido feito um encordoamento de raquete de badminton em Macapá, mas estávamos confiantes, porque tínhamos esperança que tudo desse certo. E deu. E o sucesso se deve à habilidade do Carlos, que é tenista profissional e tem bastante prática no encordoamento de raquetes de tênis.

Vejam algumas fotos do momento histórico pro badminton amapaense.


(Antes de ir pra máquina de encordoar, a raquete é parcialmente encordoada manualmente)


(A máquina parada programada pra 24 lb. Depois em ação, nas mãos do Carlos)


(Antes e depois)

Pra finalizar, um vídeo do momento em que a raquete foi retirada da máquina de encordoar. Foi um alívio pra gente e pro Carlos, acostumado com as raquetes grossas do tênis, mas fez um excelente trabalho com uma raquete fina de badminton. Reparem que ele pára um segundo antes de tirar a raquete, pra ver se ela havia entortado. E depois a felicidade na comemoração do Pedro.

video

Valeu Carlos! Obrigado Mundial Importados! O badminton amapaense ganhou um grande incentivo com esse serviço de encordoamento.

16 de julho de 2010

15 de julho de 2010

Badminton na mídia

Foi ao ar ontem no Globo Esporte local da TV Amapá, afiliada da Rede Globo aqui no Estado, uma matéria com o badminton feita na terça-feira no Ginásio Paulo Conrado. Não esperava que fosse no dia seguinte da gravação, por isso não me preparei pra registrar e postar aqui no blog. Mas o importante é que houve a divulgação do nosso esporte favorito.

Na matéria, Mestre Aldir mandou o recado: a partir de agosto poderemos ter duas escolinhas da badminton, uma no Paulo Conrado e outra no Avertino Ramos.

11 de julho de 2010

Encordoamento em Macapá

Ontem eu descobri por acaso, ao entrar na Mundial Importados, que já podemos encordoar nossas raquetes de badminton aqui mesmo no Amapá. Está à disposição dos praticantes de tênis de quadra e de badminton uma máquina de encordoamento na loja, que também oferece raquetes para venda, da marca Babolat.

Além de raquetes Babolat, fui informado que pretendem oferecer Yonex também, o que seria excelente pra gente e pra Mundial Importados, pois é a melhor marca para badminton, na minha opinião.

Por enquanto a loja não oferece corda para badminton, então quem quiser aproveitar a novidade deve levar sua própria corda. Como eu tenho a minha, segunda-feira vou lá testar o encordoamento e depois conto aqui no blog.

-------------------------------------------
Atualizado em 12/07/2010 às 21:30h

Fomos lá testar o encordoamento, o Pedro e eu. A raquete cobaia foi a dele, uma Babolat Satelite Chrono. Deu tudo certo, e nesse momento o Pedro deve estar testando o novo encordoamento lá na quadra do Atual. Vamos aguardar os comentários dele.

-------------------------------------------
Atualizado em 12/07/2010 às 22:45h

Falei com o Pedro e ele disse que ficou bom o encordoamento, sentiu uma grande melhora na potência e está satisfeito. Em breve coloco as fotos do momento que a raquete estava sendo encordoada.