29 de novembro de 2009

Badminton é notícia no Amapá

Na sexta-feira, 27/11/2009, o blog recebeu um convite do jornal Diário do Amapá para fazer uma matéria sobre Badminton. Aceitei o convite e ontem mesmo, sábado, 28/11/2009, fui entrevistado. Durante a entrevista fui informado que havia saído uma nota sobre badminton no Amapá na edição do dia. Leia abaixo:



Nova modalidade

O Badminton é um esporte individual ou de duplas, semelhante ao Tênis, praticado com raquetes e peteca,que existe há mais de 2000 anos. No Amapá, esse esporte existe há mais ou menos três anos e a cada dia ganha novos adeptos. A modalidade é praticada na quadra do Colégio Atual, segunda, quarta, e sexta, sempre às 19h. Tem atletas de todas as categorias que vão exercitar a nova febre do esporte.

Diário do Amapá, edição de 28/11/2009.

Hoje, domingo, 29/11/2009, saiu a matéria com trechos da minha entrevista. Houveram alguns equívocos na hora da edição do texto, como o ano dos Jogos Olímpicos no Brasil (2016), o horário e os dias de prática do badminton na quadra do Atual (segundas, quartas e sextas, às 19h), o tempo que eu pratico o esporte (9 meses), mas nada que tire a validade da matéria.


(clique na imagem para ampliar)

Obrigado Cinthya, em nome de todos os praticantes de badminton no Amapá.

27 de novembro de 2009

Reunião

Aconteceu na última terça-feira, às 20:00h, na sede da Equipe de Badminton Elite, no bairro do Pacoval, uma reunião com os atuais coordenadores da prática do badminton no estado do Amapá.

Na pauta estavam relacionados temas como "Prestação de Contas do mês de outubro/2009", "Metodologia de jogo e utilização das quadras do Atual", "Material", "Mensalidade", "Ensino", "Confraternização de fim de ano", e o que mais ocorresse. Foram discutidos também assuntos relacionados à criação da Federação de Badminton do Amapá, atenção aos iniciantes, dia específico para treino e implantação de um cadastro dos praticantes por meio de fichas.

Estiveram presentes na reunião: Alfredo, Fernando, Ivan Felipe, Ramid, Olinto, Fred e o anfitrião Ivan Daniel.


(Olinto com vergonha)

25 de novembro de 2009

Cuidado com o "smash"!

"O Ministério da Saúde adverte":
- Praticar badminton na equipe Elite pode ocasionar lesões corporais leves (Art. 129, caput, do Código Penal):



Mas não se preocupem, é do jogo, ninguém representa em Ação Penal por causa disso (Art. 88 da Lei 9.099/95).

Autor: Ivan Felipe, o "fura melancia" do badminton amapaense.
Vítima: Pedro Ivo, ou Pedro "alvo".
Objeto do "crime": peteca de nylon Yonex Mavis 350

23 de novembro de 2009

Táticas de jogo - 3ª parte

Estratégias de Simples (Masculino e Feminino)

II - Ataque e Defesa

2) Usando golpes por baixo

Nos golpes por baixo a quadra inteira é uma zona defensiva, embora um jogador inteligente possa transformar defesa em ataque.

2.2) Seleção de golpes de zona defensiva

Basicamente, um jogador tem duas escolhas em golpes por baixo:
(a) Net-shot
(b) Lob

O jogador deve escolher qual destas respostas usar e para qual canto da quadra baseado da posição do oponente e da sua própria. A discussão anterior sobre base e dimensões devem ser levadas em conta.

Um net-shot direcionado a qualquer canto com uma trajetória bem próxima à rede e com uma queda vertical imediatamente depois dela, fará com que a peteca caia a poucos centímetros da rede forçando seu oponente para a defensiva reduzindo o número de possíveis respostas.

Se a peteca está muito perto da rede é impossível levantá-la à linha de fundo - a rede está no caminho - até mesmo quando é possível um lob, este só pode ser feito usando grande altura, tornando a resposta adversária fraca. Fique atento para o net-shot cruzado: é o único que realmente pode pegar você de surpresa.

Vamos ver agora o lob para o fundo da quadra. Estes golpes são completamente defensivos em natureza mas são necessários:
(a) quando seu oponente está em posição atacar um golpe na rede e;
(b) quando um golpe de rede pode tirar você de posição.

É muito importante que o golpe seja batido tão alto quanto possível de forma que a peteca caia verticalmente próxima a linha de fundo, dando a você tempo suficiente para voltar a sua base.

Fonte: Federação de Badminton do Estado de São Paulo

20 de novembro de 2009

Vídeo - duplas (12)

Mais uma vez Frederico "Bolt" em evidência.
Neste vídeo ele aparece provocando seus adversários. Confiram:

Ramid e Olinto x Monnya e Fred



Local: quadra da equipe de Badminton Elite.

18 de novembro de 2009

Novos praticantes

Na última semana a quadra da Equipe de Badminton Elite, no bairro do Pacoval, ficou repleta de novos praticantes do esporte. Tivemos a visita de dois praticantes de Manaus: um bem conhecido de todos aqui, o já veterano Pedro Ivo, e o outro foi o iniciante Alan Maurice. Também tivemos a visita da iniciante Ivna Deise, que veio de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Ela prometeu que vai procurar o CETEBAC ao voltar pra Caxias. Já o Alan combinou com o Pedro de providenciarem imediatamente uma quadra em Manaus.


(Ivna Deise, à esquerda; Beto Oscar, Nithai, Danilo e Lucas, à direita)

Além da Ivna e do Alan, mais oito iniciantes e um interessado em iniciar passaram pela quadra durante a semana: Beto Oscar, Lucas, Nithai, Danilo, Fábio, Aristides, Jaci, Gaia e Márcio. Este último veio do Tênis, conheceu e gostou do Badminton. Vejam algumas fotos onde o Alan e o Márcio são orientados em quadra pelo Pedro.




(Márcio, Alan e Pedro)

Todos os iniciantes garantiram que vão continuar a praticar o Badminton, e a Equipe de Badminton Elite vai estar disponibilizando a estrutura necessária para isso.

16 de novembro de 2009

Táticas de jogo - 2ª parte

Estratégias de Simples (Masculino e Feminino)

II - Ataque e Defesa


O Jogo de badminton é um jogo notável de dois oponentes que tentam tirar um ao outro fora de posição ou longe da sua base. Assim, jogadores sempre devem atentar para ataque e defesa quando selecionando seus golpes.

Um golpe é de valor limitado se ele resulta no oponente ganhar o rally imediatamente ou alguns golpes depois. Uma das tarefas de um técnico é identificar quando o jogador está batendo um golpe "vazio". No calor de um rally um jogador, especialmente um sem experiência, é incapaz de analisar um golpe "vazio". Talvez este conceito possa ser simplificado na quadra sendo dividido em princípios ofensivos e defensivos, primeiro para golpes por cima e depois para golpes por baixo.

1) Usando golpes por cima
1.1) Definição de zonas ofensiva e defensiva

A zona defensiva em jogo de simples vai da linha de serviço longa de duplas até a linha de fundo. A zona ofensiva vai da linha de serviço longa de duplas até a rede.

1.2) Seleção de golpes de zona defensiva

Neste princípio os seguintes golpes devem ser selecionados em ordem de preferência quando o oponente está golpeando a peteca da zona defensiva:
(a) clear defensivo
(b) drop-shot lento

Note que o drop-shot lento deve ser usado muito menos vezes do que o clear. É um golpe difícil para executar bem e, se for mal executado, quase sempre resulta na perda do rally. Um jogador deve se concentrar, então, e usar o clear nos cantos da parte de trás da quadra do oponente. Se o oponente é fraco no backhand, obviamente esse deve ser o lado selecionado para bater. Lembre-se que se o oponente é canhoto a resposta também atacará o seu backhand.

1.3) seleção de golpes de zona ofensiva

Quando estiver na zona ofensiva o jogador deve selecionar os seguintes golpes por cima em ordem de prioridade:
(a) smash
(b) drop-shot rápido

Um jogador usa o smash para ganhar rallies. Sua velocidade e colocação fazem com que seja efetivo. Assim, um jogador o usa quando está na zona ofensiva e quando em uma posição de equilíbrio para bater eficazmente. Há três lugares para direcionar o smash:
(a) sobre o oponente
(b) para a linha lateral do backhand do oponente
(c) para a linha lateral do forehand do oponente

Varie a direção: o elemento de surpresa é importante. Não bata tão forte de forma que você perca seu equilíbrio, fazendo com que qualquer resposta do oponente venha a se tomar um vencedor.

Depois de um cortada bem feita, tente avançar, freqüentemente a resposta do seu oponente será um golpe fraco na área da rede.

Mais freqüentemente ainda, o smash forçará uma devolução muito fraca que pode ser golpeada facilmente ao chão.

Geralmente, quando o jogador está em uma posição de cortada, o oponente se deslocará para o fundo da quadra, estando assim em uma posição melhor para devolver o cortada.

Neste momento, utilize o drop-shot rápido. Se for bem batido, com movimento idêntico ao do smash e chapado, até o ponto de contato, deixará o oponente "colado" ao chão esperando pelo smash que não virá.

Note que um jogador deve alternar smash e drop-shots como também a área da colocação desses golpes. Deixe seu oponente tentando adivinhar para onde irá o próximo golpe.

Fonte: Federação de Badminton do Estado de São Paulo

13 de novembro de 2009

Equipamentos: raqueteira

Além de proteger as suas raquetes e petecas, você pode carregar numa bolsa de raquetes algumas toalhas, raquetes reserva, camisas, talco para as mãos, munhequeira de toalha, fita para a cabeça etc.

Fonte: Confederação Brasileira de Badminton

11 de novembro de 2009

9 de novembro de 2009

Táticas de jogo - 1ª parte

Estratégias de Simples (Masculino e Feminino)

O badminton é um jogo que pode exigir fisicamente e mentalmente conforme o desejo dos participantes. O objetivo destas estratégias é permitir que o jogador desenvolva melhor o jogo e assim obtenha melhores resultados.

Com a utilização cuidadosa dos golpes, é possível jogar uma boa partida de simples. Não menospreze a importância destes golpes básicos: clear, drop-shot rápido e lento, smash, lobs de "backhand" e "forehand", net-shots, saque curto, saque alto, drives etc. Estes golpes são a base da boa qualidade do jogo de simples.

Vamos analisar os jogos de simples na seguinte ordem:
I - Base de Jogo e Dimensões da Quadra;
II - Ataque e Defesa;
III - O Saque nas Partidas de Simples;
IV - Considerações Finais.

I - Base de Jogo e Dimensões da Quadra

Teoricamente, enquanto espera pelo golpe do oponente, o jogador deve estar no ponto que melhor permite defender a quadra inteira. Normalmente, este será o centro da quadra. Porém, variações acontecem por duas razões: (a) a velocidade de um jogador; e (b) as dimensões da quadra.

(a) Se um jogador se move para a frente mais facilmente que para trás ou vice - versa, pode ser vantajoso trocar a base para trás ou para frente. Como a pessoa joga, como resultado desta mudança, é claro, é o teste de sua efetividade.

(b) A maioria dos jogadores e treinadores pensa nas dimensões da quadra em termos de comprimento e largura. Lembre-se, o mais importante pode não ser nada disso, mas sim a altura. Petecas golpeadas de forma chapada ou para baixo, atingem mais cedo o seu alvo do que aquelas golpeadas por baixo que atingem um ápice e depois caem verticalmente no alvo.

Cada golpe em badminton tem uma trajetória diferente. A decisão de um jogador em quão rápido ele quer que a peteca atinja o alvo deve ser baseado na:
(a) posição do oponente na quadra;
(b) posição do jogador na quadra;
(c) velocidade de movimento de ambos os jogadores;

Um rally, quase sem exceção, acaba porque um jogador selecionou o golpe errado. Golpes mal executados também entram também nesta categoria.

Fonte: Federação de Badminton do Estado de São Paulo

6 de novembro de 2009

O "homem raio"

Vejam as imagens abaixo e tentem reconhecer o movimento em destaque:



Lembraram de alguma coisa? Este é Frederico Bolt, o "homem raio" do badminton amapaense. Assistam ao vídeo:

video

(Usain Bolt é atualmente o recordista mundial dos 100 metros rasos. Ele comemora suas vitórias com esse movimento que simula um raio.)

4 de novembro de 2009

Pedro Ivo ou Pedro "Alvo"

Tem gente que está prestes a ser vítima da maior caçada que já se ouviu falar nas quadras de badminton do Amapá. Muitos querem tua cabeça servida numa raquete, mermão! Olha só esse recado que há tempos eu tenho guardado:

video

2 de novembro de 2009

Equipamentos: proteções

Cotoveleiras, Tornozeleiras e Joelheiras:

São recomendadas para dar maior firmeza durante o jogo e para que o atleta preserve os tendões. Antes de praticar qualquer esporte converse com um médico para avaliar as suas condições físicas.

Óculos Protetores:

Num jogo profissional é recomendado o uso de óculos de proteção, pois contusões nos olhos podem ser perigosas devido às altas velocidades que as petecas atingem em jogo.

Fonte: Confederação Brasileira de Badminton