15 de dezembro de 2010

Saque: fim de papo

Já há algum tempo me falaram que meu saque era faltoso, e o motivo seria uma leve inclinação do corpo para frente quando o serviço era iniciado. Sempre contestei esta alegação, mas na última segunda-feira falaram pior: que eu faço a "paradinha".

Vendo os últimos vídeos em que eu estou jogando, não consegui identificar "paradinha" no meu saque, mas percebi que demoro um pouco para servir, um pequeno instante logo após o recebedor ficar preparado. Talvez isso dê a falsa impressão de uma paradinha, o que definitivamente não acontece. Meu serviço tem movimento único, sem pausa, conforme pede a regra.

A inclinação pra frente, pode até acontecer, mas do ângulo dos vídeos não deu pra ver. E mesmo que haja uma leve inclinação do meu corpo, o serviço não fica comprometido, uma vez que não tiro nenhum dos pés do chão. Veja o que diz a regra:

Leis do Badminton

9. Serviço

9.1.3 alguma parte de ambos os pés do servidor e do recebedor permanecerá em contato com a superfície da quadra em posição estacionária a partir do início do serviço até o serviço ser feito.

Portanto, minha suposta inclinação não é falta. E sobre a inexistente "paradinha", só para conhecimento e reforço do que já falei sobre esperar o recebedor se preparar e o movimento contínuo do meu saque, vejam o que diz a regra:

9.2 uma vez que os jogadores estiverm prontos para o serviço, o primeiro movimento para a frente da raquete será considerado o início do serviço.
Postar um comentário